quarta-feira, março 3

O tempo do trem!


Afinal, quando nos damos conta, o tempo já passou!

Se não olhamos, o trem da vida leva tudo para o lado oposto ao que estamos: o longe!

Longe fica o que passou e toda sabedoria da infância...

Por que, antes, sabíamos que o trem e o tempo têm o mesmo papel e o mesmo som?

tic-tac! tic-tac! Faz o tempo que não vemos!

Piui! tic-tac! tic-tac! Faz o trem que já passou!
Tic-tac: o tempo do trem da vida!


8 comentários:

Paulo Vitor Cruz disse...

q máximo esse texto... mais q belo, poético...

abraço grande.

poemas sem brio disse...

gostei ...muito simples...naum simplista...
keep going

Edgard ♠♦O Pierrot♥♣ Antonello disse...

Aaaaa... sim. Quanto se foi quando olhei para o lado. Quando por um segundo me detive em observar os cabelos cacheados de minha amada... Sim. Real. Tão preciso, inquestionável.
Seguir-te ei. Passe por meu canto depois. Acho que gostará bastante do que verá.

Saudações do Pierrot.

Laysha Vampira disse...

Nas visitas "blogais".. me deparei com o seu! Adorei!! escreves divinamente, sabe, em versos mostrar exatamente o sentido da vida. Parabéns!
Vou seguir e convido-te para uma visita... mas alerto para o conteúdo, que é morbidamente obscuro. hehehe

Beijos sangrentos da vampira Laysha.

Henrique Iviziaki disse...

Pode passar um dia, um mês, ou um ano, o tempo vai passar eu juro que Te amoo ♥
Sou muito poeta, kkkkk³

.SL. disse...

E quando não, foi-se o tempo... Beijos!!

jefhcardoso disse...

Essa comparação que se faz entre a vida e um trem, eu acho sempre muito oportuna; as gentes, as movimentações, os vagões, a máquina, os trilhos... Acho tudo tão semelhante as nossas fases. Muito bom! Parabéns! Senti-me bem ao ler seu texto, Fran. Obrigado!

Abraço do Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

jefhcardoso disse...

Fran, através dos blogs amigos de seu blog eu lhe encontrei. Sabe, eu penso que nunca devemos desistir de um blog, pois é algo muito pessoal, é um projeto muito íntimo para desistirmos dele. Abraço e muito obrigado por sua atenção!

Jefhcardoso